Fraturas da Coluna Verterbal

Fraturas da Coluna

O que é uma fratura da coluna?

As fraturas da coluna vertebral estão entre as que mais causam preocupação e angústia, principalmente pela possibilidade de causar paraplegia e tetraplegia. As fraturas são descontinuidades do tecido ósseo, chamado de vértebra na coluna vertebral. 

Como ocorre?

As fraturas da coluna podem ocorrer após traumas como quedas de altura, quedas da própria altura, acidentes de carro, mergulhos em água-rasa, mas também após eventos sem traumas nos casos em que os ossos estão muito frágeis. Há casos em que o simples fato de passar por cima de um buraco com o carro pode levar a uma fratura da coluna.

Como diagnosticar as fraturas da coluna?

O diagnóstico é realizado através de uma avaliação médica e um ou mais exames de imagem. A ocorrência de um trauma seguido de dor nas costas, de forte intensidade e que melhora pouco com medicação deve aumentar o grau de suspeita de uma fratura da coluna. Radiografias, tomografias e/ou ressonância magnética podem ser necessárias para se chegar a um diagnóstico correto. Nos casos de suspeita de osteoporose, uma investigação com densitometria mineral óssea pode ser necessária.

Como tratar?

A maior parte das fraturas da coluna podem ser tratadas sem cirurgia. Este tratamento não cirúrgico, também chamado de tratamento conservador, normalmente é realizado utilizando algum tipo de colete. Os colares cervicais são utilizados para traumas desta região, os coletes de Jewett ou de hipertensão toracolombar são utilizados para traumas da coluna torácica e os coletes de Putti, para a coluna lombar. 

Nos casos em que as vértebras tenham perdido a sua capacidade de suportar carga ou quando as estruturas neurológicas encontram-se em risco, pode haver necessidade de um tratamento cirúrgico. O tipo, extensão e técnica de cirurgia varia caso a caso. 

    Responsável técnico: Dr. Denis Seguchi Sakai CRM-SP. 119954 RQE. 50953

    × Fale conosco
    %d bloggers like this: